Miss Beetlebum (miss_beetlebum) wrote in cinesantarosa,
Miss Beetlebum
miss_beetlebum
cinesantarosa

Sobre o OSCAR.

Oi, eu sou uma pessoa que gosta mais de filmes do que efetivamente vai ao cinema. Vivo a profecia dos amigos de Murphy: há sempre um imprevisto impedindo minha ida. Mesmo assim, considero que, de tempos em tempos, possa escrever sobre um ou outro, falar sobre premiações, coisas assim. Vamos ver no que dá.

>>>

E o OSCAR é o assunto do dia, logo, me sinto na obrigação de falar algo sobre aqueles que considero favoritos, mesmo não tendo visto diversos. Meus palpites de vencedores estão em negrito.

MELHOR FILME

- "O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei"
Sai na vantagem diante de "Encontros e Desencontros" por ser o último da ousada empreitada do neozelandês Jackson. Na minha opinião, é ainda o melhor da trilogia, sendo notadamente o maior merecedor da estatueta. Vale a torcida.
- "Encontros e Desencontros"
Sofre os reveses de concorrer com o super favorito "O senhor dos anéis" e de não ter uma unanimidade. Por mais que consagrado pela crítica americana, é ainda um filme de médio custo e sem extensa campanha de marketing. Se levar, será a vitória de um azarão. Nem mesmo eu, entusiasta da película, acho, contudo, que seria o resultado mais justo.
- "Mestre dos Mares - O Lado Mais Distante do Mundo"
Um filme bom e nada além. Sem grandes novidades de roteiro ou atuação, acaba por figurar na lista pelo prestígio do diretor Peter Weir e do astro dos anteriormente premiados "Gladiador" e "Mente Brilhante", Russell Crowe. Não é o azarão preferido.
- "Sobre Meninos e Lobos"
Não assisti, mas as opiniões são praticamente unânimes: excelente filme, roteiro pesado, incríveis atuações. Acaba tendo como maior prêmio a nomeação, acho.
- "Seabiscuit - Alma de Herói"
Outro que não vi, mas que se comenta estar na lista apenas por ser conservador, ao estilo tradicional de "melhor filme". Fala-se que concorreu voto a voto com "Cidade de Deus" para constar na categoria. Vitória improvável.

MELHOR DIREÇÃO

- "Cidade de Deus" (Fernando Meirelles)
O maior azarão. Nem mesmo a boa vontade dos brasileiros pode apagar o fato de que é o ano de Peter Jackson. Acaba servindo como chamariz para sucesso internacional. E só, infelizmente.
- "O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei" (Peter Jackson)
Difícil quem aposte não ser ele. O bonachão neozelandês enfrentou as mais diversas opiniões para levar em frente o sonho de colocar Tolkien no cinema. E conseguiu. Oscar nele, ele merece.
- "Encontros e Desencontros" (Sofia Coppola)
Nomeada em seu segundo filme e a primeira diretora americana a constar na lista, Sofia tem poucas chances na categoria. Leva a estatística e a comprovação da qualidade de um filme de médio orçamento e finalização diferenciada.
- "Mestre dos Mares - O Lado Mais Distante do Mundo" (Peter Weir)
O veterano Weir deve ficar a ver navios por mais um ano. Por melhor que seja seu conjunto de obra, "Mestre dos Mares" não chega a ser um destaque.
- "Sobre Meninos e Lobos" (Clint Eastwood)
Se há alguém que pode gerar uma surpresa na categoria, essa pessoa é Clint Eastwood. Após Jackson, é o mais provável vencedor. Mais não sei: não vi o filme.

MELHOR ATRIZ

- Keisha Castle-Hughes ("Encantadora de Baleias")
Mais uma para as estatísticas: mais jovem indicada ao Oscar de melhor atriz. Dificilmente passará disso, contudo. Seu filme não tem grande circuito e tampouco marketing. A não ser que se espalhe na categoria a síndrome de vencedoras improváveis que marcou a de atriz coadjuvante, não leva.
- Diane Keaton ("Alguém Tem que Ceder")
A veterana levou o Globo de Ouro de melhor atriz em comédia. Acaba sendo, então, aquela que mais possibilidade tem de tirar a estatueta da tão falada Charlize Theron.
- Samantha Morton ("Terra de Sonhos")
Quando Morton aparece, faz bons trabalhos. É, contudo, estranhamente desconhecida em Hollywood, sendo uma eterna figurante nas premiações. Uma pena.
- Charlize Theron ("Monster")
Nem é preciso comentar o incrível trabalho de transformação por que passou a atriz sul-africana: já se fala dele em todo lugar. É a favorita e deve vencer. Não se fala contudo na injustiça que fez burburinho com a vitória do 'nariz falso' de Nicole Kidman na cerimônia passada: quem viu "Monster" atesta que também a atuação foi fenomenal.
- Naomi Watts ("21 Gramas")
Não vi 21 Gramas. Dos filmes de Naomi Watts a que assisti, nenhum me empolgou. A culpa, contudo, não é dela: trata-se, de fato, de uma boa atriz. Não leva, mas parte daqui em vôo alto rumo ao sucesso mundial.

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

- Shohreh Aghdashloo ("House of Sand and Fog")
- Patricia Clarkson ("Do Jeito Que Ela É")
- Marcia Gay Harden ("Sobre Meninos e Lobos")
- Holly Hunter ("Aos Treze")
- Renée Zellweger ("Cold Mountain")
Favorita. A categoria, entretanto, é aquela que mais premia surpresas. Se não for Zellweger, pode sair para Gay Harden, a mesma que "roubou a cena" de uma incontestável Kate Hudson em cerimônia anterior

MELHOR ATOR

- Johnny Depp ("Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra")
Em uma excepcional perfomance, trouxe nome mundial a uma despretensiosa aventura da Disney. Levou o último prêmio pré-Oscar, o Screen Actors Guild. É um azarão de força.
- Ben Kingsley ("House of Sand and Fog")
Figurante na categoria. Kingsley é excelente ator, mas pouco se ouve de seu filme.
- Jude Law ("Cold Mountain")
Muito se elogia sua atuação em "Cold Mountain", filme que ainda não vi. Law, no entanto, ficou marcado por ser indicado a diversos prêmios - e jamais levar. Se sair para ele, é uma resposta da ala conservadora da Academia aos três afastados de sua indústria: Depp, Murray e Penn.
- Bill Murray ("Encontros e Desencontros")
Eu sei que só se fala em Sean Penn. Deve-se lembrar, porém, que Murray é outro dos bons atores pouco reconhecidos. E sai na vantagem por não se alinhar a Hollywood, mas não se opor a ela tanto quanto o astro de "Sobre Meninos e Lobos". Se for ele, é merecido.
- Sean Penn ("Sobre Meninos e Lobos")
Talvez o melhor de sua geração, concordo. Não vi "Sobre meninos e lobos", não posso dizer se faz trabalho tão espetacular quanto se diz. Não o vejo como favorito, contudo, por ter dois fatores em sua oposição: uma mais falada presença em "21 gramas" e sua aversão pelo Oscar.

MELHOR ATOR COADJUVANTE

- Alec Baldwin ("The Cooler")
- Benicio Del Toro ("21 Gramas")
- Djimon Hounsou ("Terra de Sonhos")
- Tim Robbins ("Sobre Meninos e Lobos")
Por ter que se indicar um. Não vi nenhum, é apenas o que se fala. Se não for ele, penso ser Del Toro.
- Ken Watanabe ("O Último Samurai")

MELHOR FILME ESTRANGEIRO

- "As Invasões Bárbaras" (Canadá)
Não vi, mas é evidentemente o melhor comentado. Tem contra si o único fato de a categoria ser tradicionalmente imprevisível.
- "Evil" (Suécia)
- "The Twilight Samurai" (Japão)
- "Twin Sisters" (Holanda)
- "Zelary" (República Tcheca)

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE

- "Girl With a Pearl Earring"
- "O Último Samurai"
- "O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei"
- "Mestre dos Mares - O Lado Mais Distante do Mundo"
- "Seabiscuit - Alma de Herói"

MELHOR EDIÇÃO

- "Cidade de Deus"
- "Cold Mountain"
- "O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei"
- "Mestre dos Mares - O Lado Mais Distante do Mundo"
- "Seabiscuit - Alma de Herói"

MELHOR CURTA-METRAGEM

- "Die Rote Jacke" ("The Red Jacket")
- "Most" ("The Bridge")
- "Squash"
- "(A) Torzija" ("[A] Torsion")
- "Two Soldiers"

?

MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO

- "Irmão Urso"
- "Procurando Nemo"
Excepcional e merecedor. Deveria constar na lista de melhor filme, no lugar de "Seabiscuit".
- "As Trigêmeas de Belleville"

MELHOR CURTA DE ANIMAÇÃO

- "Boundin'"
- "Destino"
- "Gone Nutty"
Para quem não sabe, é o quinto brasileiro do Oscar. Que Carlos Saldanha traga a estatueta.
- "Harvie Krumpet"
- "Nibbles"

MELHOR FIGURINO

- "Girl with a Pearl Earring" (Dien van Straalen)
- "O Último Samurai" (Ngila Dickson)
- "O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei" (Ngila Dickson)
- "Mestre dos Mares - O Lado Mais Distante do Mundo" (Wendy Stites)
- "Seabiscuit - Alma de Herói" (Judianna Makovsky)

MELHOR EDIÇÃO DE SOM

- "Procurando Nemo"
- "Mestre dos Mares - O Lado Mais Distante do Mundo"
- "Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra"

MELHORES EFEITOS SONOROS

- "O Último Samurai"
- "O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei"
- "Mestre dos Mares - O Lado Mais Distante do Mundo"
- "Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra"
- "Seabiscuit - Alma de Herói"

MELHOR FOTOGRAFIA

- "Cidade de Deus"
Tem qualidade para combater seu principal adversário: "Cold Mountain". Vamos ver no que dá.
- "Cold Mountain"
- "Girl with a Pearl Earring"
- "Mestre dos Mares - O Lado Mais Distante do Mundo"
- "Seabiscuit - Alma de Herói"

MELHOR MAQUIAGEM

- "O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei"
- "Mestre dos Mares - O Lado Mais Distante do Mundo"
- "Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra"

MELHOR DOCUMENTÁRIO DE CURTA-METRAGEM

- "Asylum"
- "Chernobyl Heart"
- "Ferry Tales"

?

MELHOR DOCUMENTÁRIO

- "Balseros"
- "A Captura dos Friedmans"
- "The Fog of War"
- "My Architect"
- "The Weather Underground"

MELHORES EFEITOS VISUAIS

- "O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei"
- "Mestre dos Mares - O Lado Mais Distante do Mundo"
- "Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra"

MELHOR TRILHA SONORA

- "Peixe Grande" (Danny Elfman)
- "Cold Mountain" (Gabriel Yared)
- "Procurando Nemo" (Thomas Newman)
- "House of Sand and Fog" (James Horner)
- "O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei" (Howard Shore)

MELHOR MÚSICA

- "Into the West" ("O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei")
Ou ela ou a canção "You will be my ain true love", de "Cold Mountain". Não deve fugir disso.
- "A Kiss at the End of the Rainbow" ("A Mighty Wind")
- "Scarlet Tide" ("Cold Mountain")
- "The Triplets of Belleville" ("As Bicicletas de Belleville")
- "You Will Be My Ain True Love" ("Cold Mountain")

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO

- "Anti-herói Americano"
Vencedor na Associação de Roteiristas e, diz-se, realmente inovador.
- "Cidade de Deus"
Difícil saber. O que dizer da avaliação norte-americana de um livro escrito em língua portuguesa e transposto para as telas?
- "O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei"
- "Sobre Meninos e Lobos"
- "Seabiscuit - Alma de Herói"

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

- "As Invasões Bárbaras"
- "Coisas Belas e Sujas"
- "Procurando Nemo"
- "Terra de Sonhos"
- "Encontros e Desencontros"
Aqui o Oscar deve lembrar de Sofia e premiá-la pelo sucesso de "Encontros e desencontros". Como, aliás, tem ocorrido em todas as premiações pré-Oscar.


(E esse post também pode ser visto no meu LJ pessoal.)
  • Post a new comment

    Error

    default userpic
  • 1 comment